DSC07864

Oi Gente!

Viajei para Bali já faz um tempinho e nas últimas semanas, com as notícias sobre o Vulcão Agung pronto para entrar em erupção a qualquer momento, Bali está nas notícias por todo lugar!

Bali é uma ilha na Indonésia repleta de vulcões ativos e está no chamado Círculo de Fogo do Pacífico. Seus vulcões inclusive fazem parte de vários roteiros pela ilha, já que existem excursões para subir até a cratera de vários deles e assistir ao nascer do sol! Li na internet que o governo de Bali assegurou a todos os turistas que a ilha está segura, exceto pela área ao redor do vulcão. Lembrando de tudo que vi por lá, sei o quanto o turismo é importante para este povo e por isso acho que se você está de viagem marcada para lá deveria manter seu plano e ir. O Monte Agung fica bem distante das principais áreas turísticas da ilha e provavelmente não vai afetar em nada a sua experiência.

Bali também é conhecida por suas praias maravilhosas, ondas mundialmente famosas e seu povo sorridente, mas além disso, saindo um pouco do litoral, é possível buscar uma experiência cultural fortíssima e ainda maior ligação com seu povo, crenças e costumes e ainda ver paisagens maravilhosas. É só visitar Ubud!

Fiquei por lá por 4 dias e listo hoje as 6 razões pelas quais eu acho que vale a pena incluir Ubud em seu roteiro! Vamos lá?

1 – Religião e cultura

Bali é onde vive a maior parte da minoria Hindu da Indonésia. 85% da população de Bali é Hindu, e em Ubud esta característica vai ficar mais marcante. A cidade é menos caótica que Kuta, menor, mais pacata e você vai poder ter mais contato com as pessoas em todos os lugares e ver como a religião reflete diretamente no dia a dia delas. Por acreditarem que se forem bons nesta vida terão a recompensa na próxima, são extremamente bondosos, exercitam a gratidão constantemente, sempre com um sorriso no rosto e de bem com a vida! Muitas oferendas pela rua, nos carros e em todos os lugares! Além das pessoas você terá a oportunidade de visitar vários templos maravilhosos em homenagem a vários deuses.

Várias oferendas lindas por todos os lugares! Eles fazem diariamente!

Várias oferendas lindas por todos os lugares! Eles fazem diariamente!

A cidade é cheia dessas portas maravilhosas! Tirei muitas fotos!!

A cidade é cheia dessas portas maravilhosas! Tirei muitas fotos!!

Amei a arquitetura de Ubud!

Amei a arquitetura de Ubud!

Templos

Pura Taman Saraswati: é lindo e super central. Dedicado a Dewi Saraswati, a deusa hindu do conhecimento e das artes, que claramente abençoou esta região. Ali acontecem shows de dança tradicional balinesa. Entrada gratuita.

Adorei este templo!

Adorei este templo!

Templo durante a noite!

Templo durante a noite!

Ubud Palace: É um complexo de jardins e edifícios históricos que abriga o Puri Saren Agung. É um templo bonito e bem trabalhado e ali acontecem também danças e apresentações balinesas. Vale a pena conhecer por estar bem no centro da cidade.

Arquitetura do Ubud Palace!

Arquitetura do Ubud Palace!

trabalhado dos muros em Bali!

trabalhado dos muros em Bali!

Pura Tirta Empul: Também conhecido como Templo da Água Sagrada, este é um dos templos mais visitados dos arredores de Ubud. Com fontes de água que brotam do chão, as pessoas usam o templo para se purificar. Acreditam que quem ali se banha lava seus males e purifica a alma! Não chegamos a ir neste templo pois foi super corrido, mas foi um dos que mais tive pena de não conhecer! Fica a 30 minutos de Ubud!pura-tirta-empul

Gunung Kawi: Este é o templo hindu mais antigo de Bali! Ele é bem diferente pois foi inteiramente esculpido em um paredão de quase 10 metros de altura, nas montanhas! Para visitá-lo você vai precisar descer 300 degraus!! Fica no caminho para o Templo da Água Sagrada!1200px-1_gunung_kawi_temple

Goa Gajah ou Elephant Cave: Este templo fica super próximo, apenas 15 minutos de Ubud e também é muito visitado. É uma gruta inteiramente esculpida por fora e escura por dentro. Também não visitamos, mas dizem ser bem bonito.goa-gajah-bali1

Pura Ulun Danu Bratan: Este é o mais distante! Fica 1:30 h de carro e a estrada é ruim. Mas o lugar é lindo! Neste dia pegamos um motorista e fizemos este templo + Tegalalang! O Templo fica no meio do lago Bratan e é um dos principais templos da ilha. Ele estampa a nota de Rp. 50.000. Fica numa parte mais alta de bali e que tem uma paisagem bem bonita com montanhas e verde. Em homenagem a Dewi Danu, deusa da água, em épocas de cheia parece que o templo é construído dentro da água mesmo! É um passeio demorado mas para mim, valeu a pena!

O Templo é pequenininho, mas muito lindo!

O Templo é pequenininho, mas muito lindo!

Chegando no Templo. Paisagem super bonita!

Chegando no Templo. Paisagem super bonita!

Como se vestir: Em Bali eles não são muito rigorosos com a parte de cima, porém lembre-se de cobrir os joelhos. A maioria das pessoas usa sarongs ou uma canga mesmo enrolada para entrar nos templos. No templo Bratan e no centro da cidade ninguém exige nada disso e fui de shorts mesmo.

Além dos templos com arquitetura fantástica você pode assistir vários shows de dança tradicional balinesa. Todos os dias no Ubud Palace acontecem shows gratuitos e também todos os dias exceto sextas feiras, shows pagos acontecem no Pura Taman Saraswati, em frente ao Café Lotus. Você pode escolher ver das cadeiras em frente ao templo ou do restaurante que vende Jantar Show. Fomos neste e odiamos. Adorei o show em si, mas a comida era fraca, bem mais cara do que o resto de Ubud e o atendimento não era bom, por incrível que pareça. Achei bem pega turista! Aconselho ver das cadeiras e jantar em outro lugar!

Dança tradicional balinesa vista do Café Lotus!

Dança tradicional balinesa vista do Café Lotus!

2 – Paisagem

As famosas e icônicas paisagens de plantações de arroz e muito verde que aparecem no filme Comer, Rezar e Ama ficam nessa região de Bali e você pode visitar, andar por elas e até almoçar com vista dos arrozais. Existem várias, já que o arroz é a base da alimentação dos balineses. A plantação mais famosa é Tegalalang Rice Terrace que fica aproximadamente 30 minutos de Ubud via uma estrada bem ruim. As plantações de arroz de Bali são feitas num sistema de plantio e irrigação chamado Subak, criado no séc. IX, que consiste em recortar o solo em terraços, como se fossem escadinhas, para que a água fique parada em alguns pontos quando precise mas também escoe de cima da colina até embaixo naturalmente. Este método de cultivo busca criar uma relação de harmonia entre os deuses, a terra e as pessoas e é chamado de Filosofia Tri Hita Karana, que também é a mesma filosofia de vida dos balineses em seu dia a dia. Por conta da sua natureza sustentável, os Terraços de Arroz de Bali foram reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade, em 2012. Vale a pena conhecer pois as plantações mais parecem uma obra de arte! Para este dia vá de tênis. Eu fui de rasteirinha e o solo molhado não combinou muito com esse sapato não!

Lindíssima paisagem de Tegalalang!

Lindíssima paisagem de Tegalalang!

Que tal almoçar com essa vista?

Que tal almoçar com essa vista?

DSC07891

Além das plantações de arroz, a natureza abundante está presente até no centro de Ubud, na região de Pagdategal, onde você pode visitar a Sagrada Floresta dos Macacos (Monkey Forest). Este santuário de macacos também abriga muitas árvores, pontes, templos e muitas esculturas dos bichinhos que na religião hindu são considerados sagrados. Conta uma das histórias mais famosas da religião hindu,o Ramayana, que um exército de macacos salvou Sita, a mulher de Rama, do demônio. E por isso são então sagrados e muito respeitados. Você vai encontrar muitos, muitos macacos na sua visita a Bali, não só na Floresta dos Macacos, mas em todas as partes. Tome cuidado com itens brilhantes, pois eles roubam. Também podem ser agressivos e imprevisíveis. Acho fofos, mas tenho um pouco de medo  hehehe.

Entrada da Floresta dos Macacos!

Entrada da Floresta dos Macacos!

Estátuas de macacos por todos os lados!

Estátuas de macacos por todos os lados!

Se quiser saber mais sobre a história do rei Rama este site aqui tem um resumo bem completo!

3 – Atmosfera relax

É definitivamente um lugar que convida a relaxar e onde você certamente encontrará paz e tranquilidade! A atmosfera relax está presente por toda a cidade e Ubud é muito conhecida por seus retiros espirituais, aulas de yoga e seus maravilhosos hotéis em meio a natureza! Alguns destes hotéis inclusive já oferecem aulas, além de vistas maravilhosas!

Existem muitos, muitos centros de Yoga em Ubud, para todos os gostos e bolsos. Dois bem conhecidos, porém diferentes são:

The Yoga Barn: Oferece uma ótima estrutura, você pode comprar aulas antecipadamente alem de fazer retiros, tratamentos aiurvédicos e se hospedar no local.

Ubud Yoga House: é um studio bem menor e mais intimista com vista dos campos de arroz.

Quando viajei para lá ainda não fazia Yoga mas confesso que morro de vontade fazer uma experiência assim em Ubud. Neste blog aqui tem reviews da Erin sobre vários studios durante os 5 meses que passou em Ubud praticando Yoga!

Sobre hotéis existem para todos os gostos e bolsos. Geralmente na Ásia inteira você se hospeda em hotéis muito bons pagando muito pouco! Eu me hospedei num hotel de categoria média, mas que na verdade achei bem acima da média e meus pais, que foram uma semana antes, se hospedaram em um super luxuoso e amaram e vou deixar as duas sugestões aqui!

Sri Ratih Cottages: Foi o hotel que ficamos e eu adorei a atmosfera e o lugar, que era super tranquilo mesmo estando a 10 minutos a pé do centro da cidade. Super bem localizado com um restaurante ótimo para jantar e que servia café da manhã à la carte incluso, tinha piscina e spa e ainda serviço de lavanderia bem baratinho! Diárias em torno de USD 100,00.

Entrada do nosso hotel!

Entrada do nosso hotel!

Nosso quarto!

Nosso quarto!

The Samaya Ubud: Este resort luxuosíssimo fica na beira do rio, com vistas maravilhosas! Conta com suítes e também vilas. Tem um dos melhores restaurantes de Ubud, o Swept Away! Eles também oferecem bicicletas e guia para passeios por toda a região, além de um spa maravilhoso. Diárias a partir de USD 300,00.

Vila do The Samaya Ubud!

Vila do The Samaya Ubud!

Jantando com vista do rio!

Jantando com vista do rio!

Veja outras opções de hotéis em Ubud aqui.

4 – Compras

Ubud é um dos maiores centros culturais de Bali e por conta disso é um lugar perfeito para comprar peças de artesanato, principalmente as encravadas em madeira, sarongs e quadros, já que existem muitas galerias em Ubud com trabalhos magníficos! As principais ruas de Ubud para compras são a Jalan Raya, onde fica o tradicional mercado de artesanato, o Ubud Market e a Monkey Road. Por ali você vai encontrar  muita coisa bacana e também muita tranqueira! Prepare-se para garimpar e é claro, para pechinchar! Nunca esqueça disso! Você chega a conseguir valor 4 vezes menor do que o primeiro valor anunciado! Não vacile! Existe uma mistura boa entre as tranqueirinhas baratex que são ótimas lembrancinhas de viagem e os itens diferenciados. Nós compramos uma máscara de Sita toda entalhada em madeira e meus pais compraram um quadro maravilhoso que o pintor, um senhor com mais de 80 anos, levou 6 meses para terminar! Incrível! Também comprei bolsas todas bordadas a mão.

Muitas pechinchas!

Muitas pechinchas!

Máscara que trouxemos!

Máscara que trouxemos!

Na rua principal de Unud!

Na rua principal de Ubud!

E as pratas, Natalia?

Sim, Bali é famosa por sua prata e o centro de Ubud tem várias lojinhas bem simpáticas, mas aproveite que você está por ali e vá para Celuk, a cidade mais famosa por produzir prata, principalmente fazer aquele trabalhado todo bem detalhado característico da ilha! Fica a 20 minutos de Ubud. Existem muitas, muitas lojas e fábricas lá e você poderia passar o dia parando de porta em porta e vendo do que gosta. Eu pesquisei antes de ir e fui em duas lojas que recomendo muito se você procura peças de qualidade. Nestas lojas o preço é fixo e não adianta pechinchar. Confesso que gastei muitas e muitas rúpias mas comprei coisas lindas!

Prapen: é uma loja super requintada e que faz um trabalho tradicional em prata de qualidade excelente e que já vem por gerações da família! A loja é super agradável! Comprei peças lindas e que uso até hoje!

Angel to Angel: É uma loja bem excêntrica! Cheia de estátuas, parece um palácio por fora. Por dentro segue a mesma linha, mas produz desde peças tradicionais balinesas até peças mais contemporâneas. Usam muitas pedras naturais. Aqui comprei peças bem mais atemporais e com design diferenciado. Preço um pouco mais competitivo que na Prapen. Aqui eu poderia ter levado a loja toda. 106A1193

5 – Comida

Em Ubud você vai encontrar de tudo para comer, desde restaurantes mexicanos (sim!!!) até cozinha internacional de primeira. Mas se tem um ótimo lugar para experimentar uma boa comida típica balinesa e ainda gastando pouco, é ali! Existem vários Warungs como eles chamam estes locais que servem comida mais tradicional! Aqui a regra é olhar e se for com a cara entrar! Nós jantamos em um sem planejar e foi uma maravilhosa surpresa! O Gedong Sisi Warung foi a experiência mais autêntica de toda a nossa passagem por Bali, já começando pela nossa mesa, toda entalhada em madeira como se fosse uma casinha! Lembro de ver este restaurante da rua e achar simpático! Recomendo super! Se gostar de experimentar drinks e quiser um com bebida tradicional do lugar, peça os drinks com Arak, uma bebida destilada da flor da palmeira ou do arroz, produzida em Bali! São bons e baratos!

Restaurante muito simpático!

Restaurante muito simpático!

Mas o que adorei mesmo foi essa mesa!

Mas o que adorei mesmo foi essa mesa!

6- Massagem

Sim!!! Massagem! A massagem balinesa é uma coisa fantástica! Você vai sair super renovado e feliz! Existem muitos, muitos spas na cidade. Muitos deles trabalham com Day Spa, uma coisa que eu gostaria muito de ter feito. Mas como me faltou tempo e o Spa do nosso hotel, o Sri Ratih estava cotado entre os 10 melhores da cidade (hoje ele é o 11 de 208), fiz uma esfoliação + banho + massagem de 1 hora e meia! Amei! E não gastei maus do que R$ 25,00. Sério, considere seriamente passar um dia no spa quando estiver por lá!

O Day Spa que eu tinha visto era o Bali Botanica, que inclusive busca no hotel e sai USD 100,00 o dia com 4 tratamentos, esfoliação, banho e almoço.

Como se locomover para os passeios?

As estradas são bem ruins principalmente até os templos e plantações de arroz. Vale a pena contratar um taxista para passar o dia todo com você! Fizemos isso no dia que fomos para Bratan e Tegalalalang e no dia que fomos comprar pratas. Eles vão no seu ritmo e esperam por você quanto tempo você quiser. Existem agências que vendem passeios mas acho que fica aquela coisa corrida de ver tudo em meia hora e voltar pro ônibus. Fora que para comprar pratas geralmente eles vão te levar onde ganham comissão. No nosso hotel, o concierge que conseguiu o taxista para a gente!

Quanto tempo ficar em Ubud?

Nós ficamos 3 noites em Ubud, mas eu achei pouco! Tive apenas uma semana em Bali e foi pouco no geral. Vi muita coisa bacana, mas com todas as coisas que existem ali para fazer eu poderia passar um mês em Ubud tranquilamente, mas pensando em turismo e no aproveitar mesmo, relaxar e curtir o lugar, acredito que o ideal seriam 5 noites!

Quando visitar Bali?

Clima tropical, quente e úmido com pouquíssimas variações de temperatura, tem temperatura média anual de 27ºC, fazendo calor o ano inteiro. O clima pode ser então dividido entre estação seca e chuvosa. Os meses chuvosos vão de outubro a março e os secos, de abril a setembro. Como Julho e Agosto são meses de alta temporada, os melhores meses para visitar a ilha são: Maio, Junho e Setembro.

Bom gente, era isso! Gostei muito dos meus dias por lá, especialmente das pessoas! Espero que tenham gostado e incluam esta cidade tão incrível na sua próxima visita à Bali!

Beijos e obrigada pela visita!

 

Share: